Sociedade

Dia Mundial da Segurança dos Alimentos

12 de Junho de 2019

Comemoramos neste 7 de junho, o primeiro Dia Mundial da Segurança dos Alimentos (World Food Safety Day), data instituída para enfatizar ações voltadas na prevenção, identificação e gerenciamento de riscos alimentares, contribuindo para a segurança, saúde humana, prosperidade econômica, agricultura, turismo e desenvolvimento sustentável.

Para produzir um alimento seguro ao consumidor, é necessário oferecer um serviço de qualidade que siga criteriosamente os preceitos higiênico sanitários, previstos nas legislações vigentes determinadas pelas Vigilâncias Sanitárias. Por isso, alguns fatores são devem ter maior atenção como a procedência da matéria-prima, controle de tempo x temperatura dos alimentos; separação dos alimentos crus dos cozidos; condições higiênico-sanitárias dos equipamentos e utensílios, principalmente aqueles que entram em contato direto com os alimentos; qualidade da água e higienização das mãos dos manipuladores.

Por isso, investir na Segurança dos Alimentos traz inúmeras vantagens para seu estabelecimento:

  • Melhorias nos processos de controle e segurança dos alimentos.
  • Padronização dos processos, procedimentos e produtos “Identidade da Marca”.
  • Redução do risco de contaminação de alimentos e ocorrência de doenças provocadas pelo seu consumo
  • Valorização da percepção de marca, gerando aumento das vendas devido a confiança dos clientes.
  • Prevenção de penalidades como advertências, multas, interdição parcial e até total do estabelecimento pelos órgãos sanitários e outros.
  • Proteção da marca.

Outro ponto importante é a diferença entre os termos Segurança Alimentar e Segurança de Alimentos.

O termo “Segurança Alimentar” vem do inglês “Food Security” e começou a ser utilizado após o fim da Primeira Guerra Mundial, numa época de crise alimentar mundial, portanto trata-se da implementação de políticas públicas para garantir o acesso da população aos alimentos em quantidade e qualidade adequadas. A segurança alimentar existe quando todas as pessoas, em todos os momentos, têm acesso físico, social e econômico a alimentos suficientes, seguros e nutritivos que satisfaçam suas necessidades alimentares para uma vida ativa e saudável.

Já o termo “Segurança de Alimentos” vem do inglês “Food Safety” e é definido pelos Princípios Gerais de Higiene Alimentar do Codex Alimentarius (FAO, 1998) como sendo aquele alimento que quando consumido não causará danos à saúde do consumidor. Portanto, ela é consequência do controle de todas as etapas da cadeia produtiva, desde o campo até a mesa do consumidor.


Raquel Bachega
Nutricionista
Coordenadora Food Service Bureau Veritas

Deixe sua Marca