Bureau Veritas conclui integração da Sistema PRI

26/10/17

O Bureau Veritas acaba de concluir a integração da empresa de engenharia consultiva Sistema PRI, comprada em 2014. A aquisição marcou a entrada da companhia, mais conhecida por realizar teste, inspeção e certificação, na área de construção e infraestrutura no Brasil, uma das seis divisões do grupo no país. Agora, essa unidade de negócios tem um duplo desafio: equilibrar a carteira de clientes e prestar serviços ao longo de todo o ciclo de vida do ativo, e não somente na fase de investimentos em expansão ("capex").


Hoje, o portfólio de aproximadamente 50 contratos é composto por 40% de clientes privados e 60% de públicos. A meta é que cada um responda por 50% da carteira. Contribui para isso o marasmo de obras públicas, reflexo da penúria fiscal que vivem União e alguns Estados e municípios.


No radar do Bureau estão os projetos de concessões e de Parcerias Público-Privadas (PPPs) federais e estaduais.
O papel da engenharia consultiva abrange desde o desenvolvimento e análise de um projeto até o acompanhamento da obra, para garantir que ela esteja em conformidade com padrões técnicos, ambientais e de segurança do trabalho. "Queremos atuar não só na fase do capex, mas também na operação e manutenção dos ativos, auxiliando o cliente a gerar valor", diz Luiz Buff, diretor da divisão de construção e infraestrutura do Bureau Veritas Brasil.

A importância da engenharia consultiva, sobretudo no planejamento dos projetos, começou a ganhar relevância mais recentemente no Brasil, destaca o executivo. "Principalmente o PPI [Programa de Parcerias de Investimentos] vem puxando essa discussão, para garantir que os projetos de infraestrutura aconteçam conforme o planejado em termos de prazo e custo."


O portfólio de contratos que o Bureau herdou da Sistema PRI - cuja marca deixa de existir - inclui empresas dos segmentos de energia, transporte, telecomunicação, educação, habitação e edificação.


A divisão conta com 500 funcionários, pouco mais de 12% dos 4 mil profissionais que o Bureau emprega no Brasil. As demais unidades de negócio no país são indústria; varejo; certificação; agronegócio e commodities; e marítimo e offshore.

Presente em 120 países, o conglomerado está listado na bolsa de Paris e teve faturamento mundial de € 4,6 bilhões em 2016. No Brasil, não revela a receita. Mas Buff abre os números da unidade que comanda. Em 2016 o faturamento foi de R$ 150 milhões, queda de 10% sobre o exercício anterior.


"A meta para este ano é ousada, estamos lutando para tentar manter o que fizemos em 2016, mas o ano ainda está difícil. É pouco provável que consigamos", diz o executivo, que justifica o desempenho como espelho da situação do mercado.

A estratégia do grupo para entrar em novas áreas tem sido via aquisições. Neste ano adquiriu a brasileira Kuhlmann Monitoramento Agrícola, empresa especializada em serviços de monitoramento e auditoria agrícola, e a Schutter, companhia holandesa de serviços para o comércio de commodities com presença no Brasil e em mais de dez países na Europa, América do Sul e Ásia.


Por Fernanda Pires

Publicado no Jornal Valor Econômico, Seção Empresas B5 em 27/10/2017.

Contact us

Phone:

Send an e-mail
  • Argélia
  • Angola
  • Argentina
  • Austrália
  • Áustria
  • Azerbaijão
  • Bahamas
  • Bahrein
  • Bangladesh
  • Barbados
  • BELARUS
  • BÉLGICA
  • BENIN
  • BERMUDA
  • BOLÍVIA
  • BOSNIA AND HERZEGOVINA
  • BOTSWANA
  • BRASIL
  • BRUNEI
  • BULGÁRIA
  • Burkina-Faso
  • BURUNDI
  • CAMBOJA
  • CAMARÕES
  • CANADÁ
  • CABO VERDE
  • REPÚBLICA CENTRAL AFRICANA
  • CHADE
  • CHILE
  • CHINA
  • COLÔMBIA
  • CONGO
  • CONGO (República Democrática do Congo)
  • COSTA RICA
  • COSTA DO MARFIM
  • CROÁCIA
  • CUBA
  • CURAÇAO
  • REPÚBLICA CHECA
  • DINAMARCA
  • DJIBOUTI
  • REPÚBLICA DOMINICANA
  • EQUADOR
  • EGITO
  • EL SALVADOR
  • GUINÉ EQUATORIAL
  • ERITREIA
  • ESTÔNIA
  • ETIÓPIA
  • FIJI
  • FINLÂNDIA
  • FRANÇA
  • Antilhas Francesas
  • GABÃO
  • GEORGIA
  • ALEMANHA
  • GANA
  • GIBRALTAR
  • GRÉCIA
  • GREENLAND
  • GUATEMALA
  • GUINÉ
  • GUINÉ-BISSAU
  • HONDURAS
  • HUNGRIA
  • ISLÂNDIA
  • ÍNDIA
  • INDONÉSIA
  • IRÃ
  • IRAQUE
  • ISRAEL
  • ITÁLIA
  • JAPÃO
  • JORDÂNIA
  • CAZAQUISTÃO
  • QUÊNIA
  • COREIA (SUL)
  • KUWAIT
  • LETÓNIA
  • LÍBANO
  • LIBÉRIA
  • LÍBIA
  • LITUÂNIA
  • LUXEMBURGO
  • MADAGASCAR
  • MALAWI
  • MALÁSIA
  • MALI
  • MALTA
  • MAURITÂNIA
  • MÉXICO
  • MONTENEGRO
  • MARROCOS
  • MOÇAMBIQUE
  • Myanmar
  • NAMÍBIA
  • PAÍSES BAIXOS
  • ANTILHAS
  • NOVA ZELÂNDIA
  • NICARÁGUA
  • NÍGER
  • NIGÉRIA
  • NORUEGA
  • OMAN
  • PAQUISTÃO
  • PANAMÁ
  • PARAGUAI
  • PERU
  • FILIPINAS
  • POLÔNIA
  • PORTUGAL
  • PORTO RICO
  • QATAR
  • ROMÉNIA
  • RÚSSIA
  • RUANDA
  • SAINT-PIERRE & MIQUELON
  • ARÁBIA SAUDITA
  • SENEGAL
  • SÉRVIA
  • SEYCHELLES
  • SERRA LEOA
  • CINGAPURA
  • ESLOVÁQUIA
  • ESLOVÉNIA
  • SOMÁLIA
  • ÁFRICA DO SUL (Rep.)
  • ESPANHA
  • SRI LANKA
  • SURINAME
  • SUÉCIA
  • SUÍÇA
  • SÍRIA
  • TAIWAN
  • Tanzânia (República Unida)
  • TAILÂNDIA
  • TOGO
  • TRINIDAD & TOBAGO
  • TUNÍSIA
  • TURQUIA
  • TURKMENISTAN
  • UGANDA
  • UCRÂNIA
  • EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
  • REINO UNIDO
  • ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
  • URUGUAI
  • UZBEQUISTÃO
  • VENEZUELA
  • VIETNÃ
  • YEMEN
  • ZÂMBIA
  • ZIMBABWE
  • Outros sites
  • ÁFRICA
  • Website Global
  • ORIENTE MÉDIO
  • Sudeste da Ásia
Escolha o seu setor de ativos e / ou necessidade de serviço
Seu Mercado

Seu recurso

Nossos Serviços